Remy Gardner liderou testes do WSBK em Cremona

3 semanas atrás 59

Remy Gardner foi o mais rápido dos testes do Mundial de Superbike em Cremona. Os pilotos puderam conhecer o circuito que se estreia este ano no calendário em dois dias de testes, nos quais um dos ausentes foi Toprak Razgatlioglu (ROKiT BMW).

O primeiro dia foi afetado pela chuva durante a tarde, sendo que os tempos mais rápidos acabaram por ser feitos ontem, sexta-feira. Na quinta-feira, Sam Lowes (Elf Marc VDS/Ducati) foi o mais veloz, ao bater Michael Ruben Rinaldi (Motocorsa Racing/Ducati) por 0,155s na sessão matinal, seguindo-se os pilotos da Team HRC: Iker Lecuona e Xavi Vierge.

A chuva afetou Cremona na tarde de quinta-feira, e apenas cinco pilotos foram para a pista. O mais rápido deles foi Rinaldi, com mais de um segundo de avanço perante Tom Bridewell (Team HRC), com Tito Rabat (Kawasaki Puccetti) em terceiro. Andrew Irwin (Team HRC) e Adrián Huertas, numa Supersport da Aruba.it Ducati, também rodaram.

A chuva passou para o dia de sexta-feira, e foi na sessão da tarde que a generalidade dos pilotos fizeram os seus melhores tempos. Gardner (GYTR GRT Yamaha) acabou por ser o mais veloz, ao completar uma volta em 1m28,860s para ficar apenas 0,059s na frente de Andrea Locatelli (Pata Prometeon Yamaha).

Ninguém mais chegou ao 1m28s. O terceiro foi Rinaldi, a 0,187s, sendo o top cinco fechado por Sam Lowes e Scott Redding (Bonovo Action BMW) na frente do líder do campeonato – Nicolò Bulega (Aruba.it Ducati). O seu colega de equipa, Álvaro Bautista, fez o nono tempo, ao passo que Jonathan Rea (Pata Prometeon Yamaha) ficou em 12.º.

Uma vez mais, Bridewell esteve em pista para ser o mais forte dos pilotos do Campeonato Britânico de Superbike (BSB), superando Irwin. Já no que toca ao Mundial de Supersport, Huertas foi mais forte do que Khairul Idham Pawi e Kaito Toba (Petronas MIE Racing Team Honda).

Ler artigo completo